Em situação de colapso na saúde pública, a cidade aumentou as medidas contra Covid-19

21 de fevereiro de 2021

A prefeitura de Chapecó anunciou neste domingo (21) que vai fechar parques e praças, após denúncias de aglomerações. Em situação de colapso na saúde pública, a cidade aumentou as medidas sanitárias para conter o contágio da Covid-19.

Conforme o comandante da Guarda Municipal, Roger Lima, durante o final de semana houve uma concentração alta de pessoas em alguns espaços públicos da cidade, desrespeitando o distanciamento social.

— Estes locais têm gerado muita aglomeração de pessoas, então por medida de segurança estamos promovendo o isolamento deles. O Ecoparque, por exemplo, tem recebido muitas pessoas que vão lá para fazer piquenique e não atividade física — disse o comandante. 

A Guarda Municipal anunciou que vai fechar o Complexo Esportivo Verdão, Ecoparque, Parque das Palmeiras, Parque Palmital, Praça Medellin e o Parque Alberto Finn. 

Aglomerações de torcedores 

Neste domingo (21), a prefeitura de Chapecó também publicou um comunicado nas redes sociais solicitando que os torcedores da Chapecoense e do Internacional não vão às ruas comemorar possíveis títulos dos seus times.  

Às 16h, o colorado enfrenta o Flamengo, no Maracanã, no Rio de Janeiro, pelo Campeonato Brasileiro 2020. Em caso de vitória, o Internacional se tornará campeão brasileiro. Já às 19h, a Chapecoense recebe o Joinville na Arena Condá, em Chapecó, pela Recopa Santa Catarina. 

“Chapecó e região vivem um momento delicado, com lotação de hospitais e ambulatórios. A Administração está trabalhando para ampliar as estruturas mas isso não será suficiente caso a população não siga as regras de distanciamento social e cuidados de prevenção à Covid. Torcedor, comemore em casa“, apelou a prefeitura.

Mais Acessadas

Carregando...