Operação durou cerca de 1 hora

21 de fevereiro de 2021

Uma ocorrência inusitada foi atendida pelo Corpo de Bombeiros na tarde deste sábado, dia 20, na área central de Capinzal. Um adolescente que fazia a pesca manual teve a mão presa embaixo de uma pedra e precisou de uma ação pontual e arrojada para ser retirado.  

Por volta das 14h50min, os bombeiros foram informados que este adolescente, de 15 anos, estava pescando “a unha” nas águas do Rio Capinzal, aos fundos da Escola Belisário Pena, e que havia prendido a mão esquerda em um buraco quando tentava apanhar um peixe. 

O buraco ficava em baixo de um muro de alvenaria e a mão estava pressionada por pedras. 

Com o auxílio de um familiar, dois bombeiros entraram na água e iniciaram os procedimentos de resgate. A vítima estava com parte do corpo dentro da água e se queixava de câimbras generalizadas por permanecer por muito tempo na mesma posição. 

Vários procedimentos foram realizados para tentar liberar a vítima, mas o braço não saía. Finalmente, os bombeiros decidiram por remover parte da base do muro que pressionava o braço e, com o apoio do desencarcerador de vítimas, fazendo o trabalho de expansor, conseguiram erguer a pedra e liberar o adolescente em segurança. 

A operação envolveu duas guarnições e cinco bombeiros – militares e civis – durou exatamente uma hora e foi acompanhada de perto por familiares e vizinhos. Ao final, o trabalho dos bombeiros foi reconhecido com uma salva de palmas pelas pessoas que presenciaram o resgate.  

Mais Acessadas

Carregando...