A pandemia da Covid-19 avança de forma surreal causando mortes, aflição, sofrimento, angústia e prejuízos imensuráveis para todos os setores da economia.

28 de fevereiro de 2021

A pandemia da Covid-19 avança de forma surreal causando mortes, aflição, sofrimento, angústia e prejuízos imensuráveis para todos os setores da economia.

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Joaçaba (CDL), dentro de suas possibilidades, é mais uma entidade que há cerca de um ano também está envolvida com ações de enfrentamento com objetivo de frear a transmissão do vírus.

Desde quando surgiu a notícia do Coronavírus, ainda em 2020, nossa entidade, cumprindo com sua responsabilidade social, entrou na luta promovendo campanhas e diversas ações. Nossos associados foram orientados a adotar todas as medidas sanitárias para garantir segurança aos seus colaboradores, mas principalmente aos seus clientes. As empresas investiram demarcando os estabelecimentos para evitar aglomerações, ofertando álcool 70%, criando cartazes com orientações e outros mecanismos.

Além disso, a CDL/Joaçaba, promoveu em algumas ocasiões campanhas de distribuição de máscaras faciais, sendo pioneira nesta ação no município, fazendo o papel do poder público. Também criou o Selo de Empresa Responsável onde as empresas tem a oportunidade de aderir, assumindo compromisso de deixar o ambiente seguro para os clientes. Ou seja, nosso comércio, mesmo com todas estas medidas e ações tomadas, tem sido alvo de críticas e em algumas vezes considerado o vilão da pandemia, quando na verdade, está fazendo a sua parte.

Na semana que passou, quando a situação se agravou, nossa diretoria reforçou comunicado aos associados para que os mesmos intensificassem as ações já em andamento. Todos esses encaminhamentos foram comunicados ao poder público municipal e também a Federação Catarinense dos Dirigentes Lojistas (FCDL).

Ressaltamos que existe um Decreto Municipal em vigor, publicado no Diário oficial de sexta-feira (26), onde o município impõe novas medidas restritivas, que entram em vigor a partir desta segunda-feira, dia (01/04). Num primeiro momento o estabelecimento que não respeitar será notificado e caso haja residência o mesmo será multado.

Quanto ao uso de máscaras, a CDL orienta aos seus associados que continuem exigindo dos clientes e colaboradores, pois esta obrigatoriedade está prevista no Decreto Municipal. Também entendemos ser oportuno a criação de uma multa, a exemplo de outros municípios da região, para quem for flagrado em via pública não usando máscara.

Nossa entidade segue à disposição do poder público, das autoridades da saúde, do Hospital Universitário Santa Teresinha (HUST) no que for preciso e estiver ao nosso alcance para frear o avanço da pandemia. Também destacamos a importância da Polícia Militar (PM), que cumpre seu papel de orientação e fiscalização.

A CDL/Joaçaba, diante de todas estas medidas tomadas ao longo dos últimos meses, que seguem os protocolos das autoridades de saúde, continua se posicionando contra o fechamento total do comércio. O lockdow traz prejuízos a toda comunidade e por isso somos contra este mecanismo extremo. Mesmo assim, como existe esta determinação do Estado neste momento, a orientação é para que os associados cumpram com o Decreto, sob pena de serem fiscalizados e multados.

O amparo, a defesa, a orientação, os interesses dos associados junto aos poderes públicos, previstos no estatuto da nossa entidade, respeitamos e estamos desde o início desta pandemia levando à risca.

Avançamos dentro de nossas possibilidades e procuramos nos manter firmes, com os pés no chão, mas precisamos do apoio e união de todos.

Alessandra Cristina Favretto Pinto da Silva

Presidente/CDL-JoaçabaFonte: Marcelo Santos/Ascom CDL

Foto: Ricardo Wolffenbuttel/Secom

Mais Acessadas

Carregando...